domingo, 21 de julho de 2013

O momento em que percebes que o mundo anda mesmo de patas para o ar

não é quando um se demite de forma irrevogável num momento, e no outra volta (tenta voltar) com poderes reforçados, nem quando o outro sai do aconchego das redes sociais e do chazinho e bolachas lá no palácio para debitar publicamente umas quantas alarvidades.

Também não é quando chove a cântaros em pleno verão e as temperaturas são, por vezes, piores que as de dias de inverno.

Não é quando vês gente que rouba dois euros de comida num supermercado ser condenada e gente que rouba milhões levar umas palmadinhas nas costas e uma reprimenda do género "vá, não voltes a fazer isso, está bem?".

Não é quando vês gente a queixar-se que vai ficar sem subsidio (quando só não estão a trabalhar porque não querem) e que não sabem onde vão buscar trinta ou quarenta e tal euros por mês para a tv por cabo, e que, mesmo assim, não prescindem de pequeno-almoço na pastelaria ou da ultima geração de um smartphone de marca.

Também não é quando vês putos a tirar negativas nos exames da escola e os pais a darem-lhes os parabéns.

O momento em que te apercebes que o mundo anda mesmo de patas para o ar é quando vês a tua mãe, atenta às noticias do dia, exclamar, surpresa e instintivamente: "ui... O Sporting ganhou ao Benfica?!"

6 comentários:


  1. Acredita, conseguiste arrancar-me uma gargalhada que todos os meus vizinhos devem ter ouvido!
    Um dos melhores posts que já li aqui no tasco...!
    Parabéns!


    Beijos gloriosos
    (^^)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os parabéns são para a velhota.
      Foi mesmo assim!

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Diz que sim.
      A partir deste momento, já acredito em tudo!

      Eliminar