segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

domingo, 30 de dezembro de 2012

Ainda (a perdição d') os presentes.

Apesar de o Pai Natal já ter cumprido a sua tarefa cá no nosso cantinho e já se ter ido embora, continua, por um motivo ou por outro, a saga dos presentes.

Alguém faz anos.
Presente a comprar num local medonho: um centro comercial.
Mg sem vontade de fazer frete, mas lá teve de entrar no inferno.
Ao passar por uma loja que não tem nada a ver, Mg, já com medo de ter de ficar retido no destino por uma hora, ou mais, enquanto era obrigado a dar opiniões sobre toda e qualquer peça lá existente, enche-se de coragem e diz: "olha.. Eu vou aqui ver o que há e daqui a pouco vou ter contigo, tá bem?"
- de certeza que não queres vir?, perguntam-lhe.
- é melhor não, senão vou-me chatear com a porcaria das compras. Já sabes que não tenho pachorra pra isso.
- tá bem. A loja fica assim-assim, e quando um de nós se despachar, vem ter com o outro.

E assim pensava Mg ter-se libertado da tortura.
Como o menino não é de ficar fechado em lojas, que aquilo faz-lhe confusão, toca a dar uma volta pelo edifício, que o dia tava bom de gajas.

Vai não vai, o inevitável acontece: Mg não sabe onde está e desconhece o caminho de regresso ao ponto zero.
Logo após, o telemóvel toca.
- onde tás?
- não tinha nada de jeito e vim dar uma volta..
- sim, mas onde tás?
- em frente à loja XPTO.
- então anda cá ter.
- pois, mas já não sei o caminho de volta...
- não saísses de onde estavas... Eu fico aqui à tua espera...

20 minutos depois, Mg chega ao ponto zero.

- estava a ver que não chegavas, diz com risada divertida...
- ohhhh, cala-te... E então, já compraste aquilo?
- já não tinha. Vou ter de ir a outra loja, ver se encontro alguma coisa gira, mas como aquela a que eu quero ir é na outra ponta do outro andar, vim-te buscar, para não ter depois de andar à tua procura... Vens?
- Claro... Que remédio...

E Mg lá foi. A contragosto, mas pelo menos sabia que já não se perdia mais...

quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Artur Baptista da quê?

Parece que anda por aí uma polémica danada por causa de um indivíduo que enganou meio mundo, jornalista e órgãos de comunicação social reputados incluídos.

Ora bem. Não estando muito em cima do acontecimento (porque o tempo tem escasseado e o que sobra não é propriamente dedicado a tv, rádios e jornais) parece-me que isso, cá pelo burgo, não é novidade nenhuma.

Passamos a vida a ser enganados, de uma forma ou de outra, uns dias por uns, outros dias por outros.

A questão essencial aqui, e que me parece que ninguém está a levar a sério, é: nas declarações proferidas pelo excelentíssimo (ou, pelo menos, naquelas, poucas, que lhe ouvi) o que é que ele disse de errado?

A mensagem não está correcta?

Quer-se matar o mensageiro, porquê?
O que ele diz (ou disse) não interessa ouvir?

Se eu apanho...

... o grandessissimo filho de uma égua que me partiu o vidro do carro, pode ter a certeza que vai ter direito a outro auto-rádio, mas enfiado pelo cú acima.

E cd's dos Xutos não se roubam. Ouvem-se, caralho!

E hoje foi assim.

(enfiem merda nas veias. Fica-lhes mais barato, ok? Bom Ano.)

quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Ainda os desejos de Boas Festas.

Alguns emails recebidos, bla, bla, bla, boas festas e coiso e tal.

Houve um (dois, vá...), no entanto, que me chamou a atenção. Rezava assim.


Imagem XPTO com logo de determinada empresa.
Inclusão, na imagem, da frase habitual: "Boas Festas e Feliz Ano Novo".

Em baixo,
"Para esclarecimentos adicionais, não hesite em nos contactar.
Melhores cumprimentos.
Fulana de tal"


Como é que disse?! :) 

segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

Post de Natal para os graúdos.

Feliz Natal!


Post de Natal para os miúdos.

Na Terra, há cerca de dois mil milhões de crianças (por criança, entende-se todo o indivíduo com menos de 18 anos). Contudo, como o Pai Natal não vai visitar as crianças muçulmanas, hindus, judias ou budistas (salvo eventualmente no Japão), o volume de trabalho para a noite de Natal fica eventualmente reduzido a 15% do total, ou seja, a 378 milhões. Contando uma média de 3,5 crianças por casa, temos 108 milhões de casas. O Pai Natal dispõe de cerca de 31 horas de trabalho na noite de Natal, devido à existência de diferentes fusos horários e à rotação da Terra, admitindo a hipótese de que viaja de Leste para Oeste, o que, de resto, parece lógico.

Tal equivale a 967,7 visitas por segundo, o que significa que para cada lar cristão com uma criança bem comportada pelo menos, o Pai Natal dispõe de cerca de um milésimo de segundo para estacionar o trenó, sair, descer pela chaminé, encher as meias com as prendas, distribuir o resto dos presentes junto ao pinheiro, provar as guloseimas que lhe deixam, voltar a subir a chaminé, saltar para o trenó e dirigir-se para a casa seguinte.

Supondo que essas 108 milhões de paragens se distribuem uniformemente à superfície da Terra (hipótese que sabemos falsa, mas que aceitamos como primeira aproximação), teremos que contar com cerca de 1,4 km por trajecto, o que significa uma viagem total de mais de 150 milhões de quilómetros, sem contar com os desvios para reabastecimento ou fazer chichi.

O trenó do Pai Natal desloca-se pois à velocidade de 1170 km/s (3000 vezes a velocidade do som). A título de comparação, o veículo mais rápido fabricado pelo homem, a sonda Ulisses, não vai além dos 49 km/s e uma rena média consegue correr quando muito a 27 km/h. A carga útil do trenó constitui igualmente um elemento interessante. Supondo que cada criança apenas recebe o equivalente a uma caixa de Legos média (cerca de um quilo), o trenó suporta mais de 500 mil toneladas, sem contar com o peso do Pai Natal. Em terra, uma rena convencional não consegue puxar mais de 150 kg. Mesmo supondo que a famosa "rena voadora" tem um desempenho dez vezes superior, o Pai Natal não consegue cumprir a sua missão com 8 ou 9 animais; precisará de 360 000, o que vem aumentar a carga útil em mais 54 000 toneladas, abstraindo já do peso do trenó, o que corresponde a sete vezes o peso do Príncipe Alberto (o barco, não o monarca). 600 000 toneladas a viajar a 1170 km/s produzem uma enorme resistência do ar, a qual provoca um aquecimento das renas, tal como um engenho espacial ao entrar na atmosfera terrestre. As duas renas da frente absorveriam cada uma a energia de 14 300 milhões de joules por segundo. Em resumo, entrariam quase instantaneamente em combustão, pondo perigosamente em risco as duas renas seguintes. O rebanho de renas vaporizar-se-ia completamente em 4,26 milésimos de segundo, isto é, o tempo exactamente necessário ao Pai Natal para chegar à quinta casa.

Tal, porém, não é o pior. O Pai Natal, passando fulgurantemente da velocidade instantânea nula a 1170 km/s num milésimo de segundo, ficaria sujeito a uma aceleração tremenda. Um Pai Natal de 125 quilogramas (que seria ridiculamente magro) ver-se-ia esmagado contra o fundo do trenó por uma força de 2157 507,5 quilogramas-força, o que lhe reduziria instantaneamente os ossos e os órgãos a uma pequena massa pastosa.

Isto é: se o Pai Natal existiu, já morreu!




Pequeno(a).
Se leste isto até ao fim, a verdade é esta. Eu sei que custa, mas é assim...

Já reparaste que o velho simpático de barbas não existe?
Foi uma daquelas coisas que há muitos, muitos anos atrás os adultos inventaram, para levaram os pais de outros meninos a gastar em dinheiro em presentes.

Os adultos são assim: às vezes inventam coisas que só servem para piorar o que já existe. São uns parvalhões, esta gente grande. Tu não tens culpa...

Neste Natal, os teus papás se calhar não vão ter dinheiro para comprar todos os presentes que queres. Por isso, não vão poder fingir que o Pai Natal existe e tu és capaz de ficar triste com ele (o Pai Natal), porque ele se esqueceu de ti.
Não fiques.
Acredita que o Pai Natal não se esqueceu de ti (e que nunca se esquece!) e que, logo que possa, te vai compensar por hoje não te poder dar tudo aquilo que querias.

Aproveita o colinho do pai e da mãe, que tem muito mais valor que qualquer presente que possas receber.
Quando fores grande, vais perceber.

Bom Natal.


sábado, 22 de dezembro de 2012

E logo nesta altura é que avisam...

... que estamos em guerra?

Oh pah!, isto, parecendo que não, nesta altura ainda cria algum transtorno...

Bom... Sendo ou não sendo Natal, se o homem o disse, parece que é oficial.
Nada a fazer, então.

Estamos em guerra! E agora?
Disparamos imdiscriminadamente?
Salvamos só os do Governo?
Atiramos só nesses?
Salvamos só o PM? Ou o Relvas?
Ou o Gaspar, que tem de ir para o presépio visitar o menino e substituir verificar o burro e a vaquinha e a sua assiduidade, mesmo que o Pastor Alemão não o queira?

Feliz Natal, pessoal....






Eu quero a sorte de um cartoon
Nas manhãs da RTP 1
És o meu Tom Sawyer
O meu Huckleberry Finn
E vens de mascarilha e espadachim
Lá em cima há planetas sem fim

Tu és o meu super-herói
Sem tirar o chapéu de cowboy
Com o teu galeão e uma garrafa de rum
Eu era tua e mais nenhum
Um por todos e todos por um

Nos desenhos animados
Eu já conheço o fim
O bem abre caminho
A golpe de espadachim
E o príncipe encantado
Volta sempre para mim

Eu sou Jane e tu Tarzan
Julieta do meu Dartagnan
Se o teu cavalo falasse
Tinha tanto para contar
Ao fantasma debaixo dos meus lençóis
Dos tesouros que escondemos dos espanhóis

Nos desenhos animados
Eu já conheço o fim
O bem abre caminho
A golpe de espadachim
E o príncipe encantado
Volta sempre para mim

Quando chegar o final
Já podemos mudar de canal
Nos desenhos animados
É raro chover
E nunca, quase nunca acaba mal
By the power of Greyskull

Hello! Is there anybody in there?


Ouvi dizer que o mundo acabava ontem.

Gente houve que atestou o depósito de gasoil e dormiu vestida para o caso de se dar uma coisa má e terem tempo de fugir para longe (não sei para onde, só sei que para longe).

Mas, afinal, está alguém desse lado ou não?

Just nod if you can hear me.
Is there anyone at home?

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

E depois não querem que a malta se ria...

É ver a capa do Jornal do Sporting de amanhã...




(adenda: só para não dizerem que tenho a mania da perseguição, é dar uma olhada aqui.)


Noticia de última hora! The Mummy has (not) spoken.

Não é preciso ser bruxo.

A múmia vai fazer o que uma múmia, por natureza, faz: nada!

Que lhe saiba bem o bolo rei e as parcas reformas, coitado!, e que se continue a divertir com o sorriso das vaquinhas enquanto pastam.

Feliz Natal, Maior.
E um óptimo 2013, na certeza que de mãos dadas, conquistaremos um futuro melhor.

O que é que se passa...

aqui?

Uma coisa é certa: alguém ficou com as imagens e pretende usá-las para algo.
Não fui eu que autorizei o seu confisco visionamento.
E cheira-me que Nuno Santos está inocente no meio desta podridão trapalhada toda.

Em que tentáculo mão do Governo foram as imagens parar?

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Chinesices?


O director-geral adjunto do Serviço de Informações de Segurança (SIS), José Luciano Correia de Oliveira, deixará as secretas e terá sido recrutado pelas autoridades chinesas para regressar a Macau, território onde foi assessor jurídico do secretário para a Segurança durante 15 anos, avança a edição desta sexta-feira do Diário de Notícias.


Eu não sei, mas acho que nestas coisas, e tendo em linha de conta as funções do Sr. Oliveira e do local para onde se julga que ele vai passar, mesmo que inadvertidamente, informação, trabalhar, é perfeitamente ajuízado um determinado período de nojo, para que um dia não fiquemos de olhos em bico com o rumo dos acontecimentos.

E tudo seria mais simples. E mais genuíno.

Os cabrões (e as cabras) mantinham a postura do resto do ano. Achincalhar, passar por cima, denegrir, empatar, fofocar, enganar, escarnecer, ludibriar, estragar.

A gente boa continuava a ser gente boa. Ajudar, estar, apoiar.

Os que são, de acordo com a posição do rabo face à lua quando acordam, continuavam a sê-lo. Uns dias assim; outros, assado. Nuns dias carne, noutros peixe.

Mas no Natal, não!
No Natal é tudo paz, amor e sininhos. Sorrisos e palavras bonitas. Doçura e compreensão. Carinho e ternura.

Para depois tudo passar, tudo se esquecer e tudo voltar ao normal.
Pró raio que os parta, mais o Natal.

(que treta de gaja é esta, Mg? Não tens nada melhor para fazer? Estar quieto e calado, talvez? Era capaz de ser uma opção a ter em conta. E tu até nem tens nada contra o nascimento do Menino que agora está em palhas deitado. Só te aborrece o efeito camaleónico que a coisa, por vezes, parece ter e a febre consumista desta malta que nesta altura anda toda feita baratas tontas.)

Resolução (ou heresia) de Natal.

Este ano não há árvore para ninguém.
Do mesmo modo, o presépio é para esquecer.

Já não me lembro se é o burro e a vaca que tenho de retirar, ou se é o Baltazar e a ovelhinha, ou a Virgem e o cornudo carpinteiro.

No final, ainda corria o risco de vir o Gaspar, disfarçado de Rei Mago bonzinho e roubar-me tudo.
Assim sendo, poupo-me já ao trabalho...

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Consegues adivinhar? (badalhoquice inside!)

Resumidamente, o conceito é este:

Do you think you can guess how a babe keeps her muff based on how she dresses? Does your co-worker's carpet match the drapes? Is that geeky girl in your class secretly a sex kitten who shaves it bald? The answers might surprise you... This is GuessHerMuff 2.0 so enjoy!

Para o site, clicar aqui.


(ideia roubada, sem dó nem piedade, daqui.)

Afinal, a receita não é essa...

Berlim – A chanceler alemã, Angela Merkel, rejeitou um possível aumento dos impostos, considerando que esta medida prejudicaria a classe média na Alemanha.
Em declarações ao jornal «Braunschweiger Zeitung», esta segunda-feira, 17 de Dezembro, a líder do CDU refere que vai incentivar o crescimento, defender o emprego e evitar uma eventual subida dos impostos ou da carga fiscal sobre o património, pois afecta a classe média, considerada a «espinha dorsal» do país.

A governante salientou que, em termos de política económica, a principal missão da Alemanha é permitir o crescimento numa altura difícil e garantir os postos de trabalho.

Aqui. E mais um pouquinho aqui.


Enfim... Vê-se logo que não percebe nada disto. Talvez o Gaspar lhe dê umas luzes...

À atenção dos médicos dentistas.

Em tempos, o homem dizia que "Ganhar aqui (no fcp) é como lavar os dentes".
Agora que, e segundo Gordinho Lopes, Jesualdo vai ser o treinador de todas as equipas de sporte (isso é que vai ser trabalhar!) o que é que vai acontecer?
O sporte começa a ganhar de vez em quando ou a nova aquisição vai saber, na primeira pessoa, o que é uma cárie?

domingo, 16 de dezembro de 2012

Ó, tão queridos!


O Natal é um momento especial para todos.
Ninguém fica indiferente ao Natal.
Tempo de família, tempo de pararmos um pouco para pensarmos mais nos que estão à nossa volta e nos que estão longe.
Principalmente nos mais frágeis, que exigem mais a nossa atenção e a nossa partilha fraterna.
Sabemos todos que vivemos um período muito difícil, mas não podemos perder a esperança.
Se caminharmos unidos, ultrapassaremos as dificuldades.
Não duvidamos que, de mãos dadas, conquistaremos um futuro melhor.
O povo português tem dado belos exemplos de solidariedade, de partilha empenhada com aqueles que menos têm.
Esses gestos iluminam o nosso futuro coletivo.
Desejamos a todos um feliz Natal.
E um ano de 2013 tão bom quanto possível.


Obrigado, zombies, por estas belas palavras. Bom Domingo pra vocês.
(Ver o video, sff. Tem mesmo de ser. Peço desculpa.)

sábado, 15 de dezembro de 2012

Noticia de última hora ( Exclusivo TVI *)

Em estreia absoluta a nível nacional, está a passar, neste momento, o filme "Sozinho em Casa".
Acreditando, piamente, que nenhum ser vivo teve, até hoje, a oportunidade de ver a película no conforto do lar, ou na companhia dos parceiros do tasco, aconselho os poucos leitores deste blog a mudarem de canal e verem o filme.
Afinal de contas, e como o Mundo está a meia dúzia de dias de acabar, esta será a última oportunidade de assistir a este entretém, que hoje passa para nós pela primeiríssima vez.
Com os cumprimentos natalícios da TVI.

(* ou "a programação desta época é tão previsível!")

Olha este!

Também estudou na Lusófona, de certeza!
Para estar de consciência tranquila, como o outro...

Tudo bem, o caso do Sr. Eric é diferente: 
- não só está de consciência tranquila, como se afirma orgulhoso.
- a matéria de facto é diferente.
- este ajudou (suponho eu) a pegar numa empresa e a levantá-la bem alto; o outro está a ajudar a pegar num país e a.... bem....


Há que resolver o diferendo!

Proponho uma luta na lama, mas apenas quando forem mulheres ao barulho.
Com gajos, não terá piada.
Além do mais, não o quero ver ainda mais enterrado do que já está...

Falo disto, naturalmente.


Título elevado a etiqueta (ou "Não tens nada melhor para fazer?! Ocupa-te, pá!)

Há por aí muita gente que quando não tem mais nada para postar - como eu, agora! - , ou quando vale mesmo a pena, utiliza o expediente de "elevar" um comentário a post.

Na senda da inovação,descobri um nicho de mercado: elevar um título (ou, pelo menos, parte dele), a etiqueta - até porque não utilizo muitas.

Assim, e a partir de hoje, e como já utilizei - embora não sabendo porque carga d´água o fiz - duas vezes a expressão "yupiiiii" em títulos de posts- o que não é, de todo, habitual (utilizo muitas mais vezes o bom e velho "caralho" ou "foda-se" ou o "puta que pariu lá esta merda") - esta terceira vez marcará o momento em que tal expressão é "etiquetada".

E agora vou ali tomar os comprimidos, beber dois copos de vinho e deitar-me.

Amanhã, em jeito de continuação e se me der para isso, tentarei postar (além dos que estão agendados, que me parece que a vida vai estar difícil e assim já me previno...) algo ainda mais marcante... estúpido!



sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Lá nada lhe pega!

Chuva forte em Lisboa causou inundações e uma pessoa ficou ferida.

 in http://www.jn.pt/paginainicial/pais/concelho.aspx?Distrito=Lisboa&Concelho=Lisboa&Option=Interior&content_id=2786059

 

Espertos os tipos que projectaram a Assembleia da República lá num alto...




Yupiiii, já estou que nem posso!

Já começam a chover os postalinhos de Natal no email.

Uns mais catitas, outros menos, uns personalizados, outros um simples Fwd:, não raras vezes com dezenas de outros endereços à vista.

O pior de tudo? Para já apenas no email profissional, o que me vai "obrigar" a responder....

No mail pessoal, por enquanto, apenas calendários para o novo ano com modelos mais despidas que vestidas, fotos de Mães Natal apetitosas e alguns votos de Boas "Festas".
Assim, sim!


Ahhhhhhhhhhh.... Paz, Amor e Sininhos!
Como eu sentia falta disto....



Gente assim? Não, obrigado!

Capa de jornal mostra instante que antecedeu morte de um homem e provoca polémica




A pergunta do milhão de dólares:
- um tipo é atirado para uma linha de metro. O metro está a chegar e o tipo, sozinho, não consegue subir para se colocar a salvo. O que fazias?

A) Viravas-te de costas porque sabias que o tipo ia ser atropelado e não querias ver.
B) Pegavas na máquina fotográfica e imortalizavas o momento.
C) Ajudavas o desgraçado a (pelo menos, tentar), subir.
D) Fazias de conta que não era nada contigo e continuavas na conversa com o parceiro do lado.


Infelizmente, há gente que tem burrice (para não lhe chamar outra coisa...) para dar e vender!
E não é a metro! A quilómetros!



quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Estamos de volta.

Concluído que está o período de nojo, fruto do término das 72 horas após o final do jogo dos três golos do Glorioso no Alvalade XIXI, que valeram outros tantos pontos, por consideração e respeito ao SCP, eis-nos de volta.

Que se passou nos entretantos?

O Sporting não perdeu nenhum jogo (pelo menos em futebol), mas também não jogou, o que acaba por se revelar uma façanha pouco digna de registo.

Passamos incólumes pelo 12/12/12, o que não admira, pois algo de espectacular só irá acontecer a 21/12/12 (quase, quase, uma capicua): mais concretamente, o fim do Mundo. Bem vistas as coisas, e tendo em linha de conta as vezes que o Mundo já acabou (ou, pelo menos, tinha planos para isso), acho que estamos perante uma não-efeméride.

Pontifex (ou Joseph, para os mais chegados) estreou-se no Twitter.
Dizem as noticias que o Pastor Alemão irá dirigir-se aos fiéis (desconhece-se se se dirigirá também aos infiéis), principalmente às 4ªs feiras, o que para mim tem muita lógica e está acertado. Senão, vejamos: manda a Lei dele que ao Domingo deve descansar. As suas funções, no entanto, não lhe permitem cumprir com essa obrigação, porque a isto de rezar missas aos Sábados e aos Domingos a malta não se pode baldar, porque é quando há mais povo e as esmolas são em maior quantidade e o patrão estando por perto é sempre outra coisa.
Ora, não podendo descansar ao Domingo, descansa o Pastor no dia imediatamente a seguir: a segunda-feira.
Na terça, reunião geral, para discutir o estado dos depósitos e dos malabarismos no Banco do Vaticano, as novas noticias sobre pedófilos que, eventualmente, até se conseguem abafar e as noviças de algum convento que dão umas borlas e têm jeito para a reza.
Pelo meio, uma ou outra visita às Irmãs, só para ver se está tudo conforme...
Assim, e depois de preparado o Bê Á Bá para os fiéis Twitterianos, é natural que só se dê a um ar da sua Graça na 4ª feira.
Os fiéis apercebem-se na 5ª, interiorizam na 6ª e no Sábado e Domingo, lá estão, para dar graças às modernices e contribuir para "os pobres".
Tem lógica.


terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Este blog está em modo pausa.

Por respeito ao sporte lol de Portugal, e em defesa da sua honra, este blogue está em pausa até se completarem 72 horas sobre a sua última derrota.

Fomos comidos outra vez.

Tanto trabalhinho a aprender a escrever como os nossos amigos queriam, tantas horas de TV a ensinarem-nos o bem e o mal da escrita, tanta gente orgulhosa por já escrever de acordo com as novas regras (ou por ter... "adotado", vá... o acordo), tanto dinheirinho gasto em tanta coisa, porque aquilo era coisa para se pôr em prática rapidinho e agora fazem-nos isto?

E agora? Assumimos que estamos à frente no tempo e continua tudo como se nada fosse, ou voltamos a uns bons anos atrás (ao tempo do antigamente, mesmo), por forma a que quando nos tentarem phoder impor algo outra vez, passemos a ficar como estávamos antes da assinatura dessa belíssima merda do Acordo?

Pela minha parte, e como forma de retaliação, vou passar a adoptá-lo, desde já.
Ou não...

E quando me vierem com merdas do "ah e tal, muda lá isso, não sejas teimoso: nós já usamos o Acordo - põe lá isso de acordo com ele, porque apesar de ser uma treta, eu já me gabo há muito tempo de seguir as novas regras", vou-me sentir mandatado, face a este decreto presidencial, a aplicar um real manguito ao interlocutor.

Bom, bom, era o nosso PR fazer o mesmo, mas estamos no Natal, e, por esta altura, o homem só tem tempo para contar os trocos e verificar se chegam para uma fatia de bolo-rei.

Ou então é porque não temos PR, já nem sei bem...

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Eu até escrevia um post...

...mas seria chover no molhado.

Apenas algumas considerações.

Rojo: 4 milhões bem poupados. Grande jogador. Um golo importante.

Cardozo: na primeira parte cabeceia ao lado. De imediato, viro-me para os colegas de mesa e digo que aposto 100 aéreos em como ele não chega ao final do jogo sem molhar a sopa. Ninguém se chegou à frente. Pudera! Ele é perigoso. É o Óscar Takuara Cardozo!

Marquês: cancelaram a reserva? Escuso de comprar as pipocas?

JuveLeo: vão entrar novamente em greve? Até quando? Até jogarem novamente com o Maior, depois de hoje terem, briosamente, defendido a vossa honra?

Go(r)dinho, o homem dos submarinos, ou dos navios ou paquetes, ou lá que raio é: está no clube certo.

N e Kapikua: este ano está mau e duvido, sinceramente, que o vosso sporte se erga a tempo de acabar o campeonato num lugar que se coadune com o seu nome e a sua história. Espero, no entanto, que se mantenha na primeira (porque, pelos vistos, têm algum pudor em jogar na à 2ª), mas, já que as coisas andam assim, que garantam a permanência apenas na ultima jornada e no ultimo minuto.
A malta tem de aproveitar enquanto pode. Não é nada de pessoal. :)

domingo, 9 de dezembro de 2012

Tudo bons rapazes!

Até no Tweeter já estão, portanto, tem de ser malta porreira.

"Há um ano, Gianluigi Nuzzi revelou, no seu programa de televisão, uma carta secreta do núncio apostólico Carlo Viganò ao Papa. Nos meses seguintes, bombardeou o mundo com cartas e documentos confidenciais de Bento XVI, expondo um Vaticano de traições, guerras de poder e influência de máfias. Nunca revelou as suas fontes, mas presos na Santa Sé estão já Paolo Gabriele, mordomo do Papa, que alegadamente fotocopiou tudo, e o informático Claudio Sciarpelletti. Na apresentação do seu livro "Sua Santidade", em Portugal, Nuzzi acusou o Vaticano de só ter agido contra os denunciadores."

O resto aqui.


Sem comentários! (ou "O Belo do Post Domingueiro")

Sintra é muito perto. Singapura!

O degredo total é já aqui. (as minhas desculpas por isto)




(PS - Ai Clara, Clara... )

sábado, 8 de dezembro de 2012

Já estão a pensar nisto?

Em 1983, a série “AutoMan” surpreendeu os espetadores do canal de TV ABC com um protagonista que era um misto de humano e computador e que tinha a particularidade de fazer curvas em ângulo reto num carro desportivo. Quase 30 anos depois, o nome AutoMan volta a dar que falar: mais uma vez o foco das atenções é um misto de humano e máquina, mas desta vez não se trata de uma ficção científica de domingo à tarde, mas sim de um projeto de investigação que tem por objetivo criar a próxima geração de gestores, empresários e líderes de empresas, que distribuem tarefas pelos humanos e os recompensam de acordo com o trabalho que executam.

Ainda não se sabe o que pensam os sindicatos sobre os patrões feitos de inteligência artificial e crowdsourcing, mas já é possível ter uma primeira apreciação do criador do sistema, Daniel Barowy, em declarações para o site da NewScientist: «As pessoas acabam por gostar porque sabem que é imparcial».

O AutoMan não tem partido, clube, paixonetas ou ódios de estimação – nem pode ter. Afinal este “boss 2.0” mais não é que um algoritmo que recorre a plataformas de crowdsourcing de forma automatizada para lançar reptos e desafios aos humanos. Não adianta enviar currículos ou cunhas: o algoritmo não discrimina nem valoriza nenhum dos candidatos – o que pode ser visto como uma injustiça para os especialistas mais experientes, mas também abre caminho a candidatos que desenvolveram conhecimentos fora do circuito académico e empresarial.

Para AutoMan o que conta é a qualidade do trabalho – venha ele de onde vier. Como qualquer chefia humana, este algoritmo também tem dúvidas. E quando assim é mantém o repto ativo até que um humano consiga apresentar a resposta mais adequada. À semelhança dos chefes de carne e osso, o algoritmo também mantém a prerrogativa de remunerar os trabalhos de acordo com a qualidade e a prontidão apresentadas.

Ainda não chegou a hora de o algoritmo criado por Barowy se sentar no cadeirão da administração – mas o conceito já começou a dar mostras de viabilidade na plataforma Mechanical Turk, que a Amazon criou com o objetivo de promover a partilha de tarefas pelas multidões. Nesta plataforma, o algoritmo apresenta questões e espera respostas dos humanos. A este ensaio juntou-se outro: o mentor do AutoMan também testou o algoritmo na app VizWiz como forma de apoio à recolha, na Internet, de descrições de fotos tiradas por cegos. O que confirmou a possibilidade de integrar este patrão artificial em aplicações tão simples como as que usamos nos telemóveis.

Barowy acredita que, mais do que mandar patrões para o desemprego, AutoMan promete abrir caminho a nova classes profissionais, que podem dar novo impulso à economia mundial. Pode ser excesso de otimismo, mas o investigador da Universidade de Massachusetts garante que, mais tarde ou mais cedo, os algoritmos vão assumir a liderança: «Uma forma de ver as coisas é que, pelo menos, o sistema reserva as partes do trabalho que são interessantes, criativas e divertidas para os humanos».


E então? Bom ou mau?
E as cunhas, pá? Como é?
E os olhinhos ao chefe?
E se o "patrão" falha, desconta para férias ou fica em banco de horas?

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Os aristocratas saíram da casca (ou da toca?)

Lá ganharam um joguito. Nada mau. Sempre dá para escapar ao último lugar (carece de confirmação).

Do jogo, salva-se o seguinte diálogo, aquando da marcação do penalty duvidoso (segundo a TSF) contra o sporte.

- "passa aí o video, tone, que quero ver, pelas imagens, se tenho algo para falar na conferência de imprensa".
- "Ohhhh... Não vale a pena. Seja como for, já vamos de ve(o)la..."

As maravilhas das novas tecnologias.

Bento XVI vai lançar a primeira mensagem a 12 de Dezembro.
 
"...O Papa aderiu segunda-feira ao Twitter e, em poucas horas, conseguiu reunir um número significativo de seguidores de todo o mundo."
 
in http://rr.sapo.pt/informacao_detalhe.aspx?fid=29&did=87712



E agora, como é?
Vai dar pra rezar a missa em 140 caracteres? Se assim for, até posso aparecer de vez em quando.

E confessionário, também há?
Vão activar opção de oração curta para remissão dos pecados?

Mais dificil será a opção da entrega de esmolas.
Irão criar uma app para o efeito?
 
No fundo, é a velha história: se o Maomé não vai à montanha...
 
Mas convenhamos: assim será muito mais prático!

Se as Igrejas começarem a ficar mesmo vazias, podem dar-lhes uma boa utilização: abrir as portas e abrigar os pobres e os sem-abrigo nas noites de frio e de chuva.
Ou vender algum ouro e obras de arte para lhes dar de comer.

Que tal, Pontifex?

Aguardo pacientemente mais novidades do "construtor de pontes" (não confundir com Bob, o construtor. Este é Bento, o construtor").


Meteram água outra vez!

UEFA anunciou o adiamento do jogo da Liga Europa entre o Sporting e o Videoton, para sexta-feira, devido ao mau tempo que deixou o relvado de Alvalade impraticável.



O encontro entre o Sporting e o Videoton, da sexta jornada do Grupo G da Liga Europa de futebol, foi adiado para amanhã, devido ao mau tempo que se sente em Lisboa, que alagou o relvado do Estádio Alvalade XXI.    
À hora prevista para o início do encontro, cerca de uma dezena de técnicos tentavam tirar o excesso de água do relvado, mas a tarefa era inglória, uma vez que continuava a chover intensamente.    
A equipa de arbitragem da partida fez vários testes, que revelaram que a bola não rolava em várias zonas do recinto, sendo que os jogadores de ambas as equipas nem sequer subiram ao relvado para os exercícios de aquecimento.  
O início do jogo, marcado para as 20h05, foi retardado, mas as condições do relvado não melhoraram, pelo que a UEFA, juntamente com os clubes, decidiu o adiamento para amanhã.


Nada de novo, portanto, para os lados dos viscondes.
Água e mais água...

Espera-se, agora, bom tempo na próxima segunda-feira. Para os lados da Luz!

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

E eu a pensar que só os Tugas é que eram... dados a... vá...

Terminou mal o transporte de um cardume de bacalhaus para o novo Aquário de Ílhavo. Os bacalhaus vieram da Noruega, por avião, e era suposto terem chegado vivos, mas, por engano, foram congelados. Os técnicos do Aquário esperam agora um novo carregamento.


In http://sicnoticias.sapo.pt/pais/2012/12/05/cardume-de-bacalhaus-destinados-ao-novo-aquario-de-lhavo-chegam-congelados-a-portugal

Agora, e pelo menos, que peguem nos bacalhaus e os dêem a alguém que precise e que não tenha que comer no Natal. Vai ser uma refeição cara, é certo (parece que o transporte custou 15000 aéreos: ah!, bacalhaus de categoria...), mas será o melhor uso que lhes poderão dar.

A menos que os consigam ressuscitar, claro!

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Cada vez percebo menos disto.

Acabadinho de chegar a um local onde dois carros bateram, o que é que vejo?

1- um carro de marca alemã, estacionado mesmo em cima de um cruzamento e de uma linha amarela,  enquanto o dono jantava sossegado.

2 - um outro carro, que teve de passar entre os que estavam correctamente estacionados, de um lado, e o de marca alemã, do outro, para virar à esquerda e se dirigir a casa.

3- um terceiro carro, que decidiu não parar, porque lhe apeteceu fazer uma acrobacia e passar, sem sequer carregar um bocadinho no travão, entre o que ia a virar e o de matricula alemã.

Naturalmente, o terceiro carro não passou. Não passou hoje, não passaria ontem e não passará amanhã. Porque o espaço não era suficiente.

Vem a PSP e começa a tirar medidas.

Entretanto, e já jantado, vem o dono do carro alemão. Troca umas palavras (que não consegui perceber) com o agente e este riposta: "vá lá embora antes que decida anotar a matricula".

E agora, pergunto eu: sabendo que o acidente, directa ou indirectamente, se deu porque o alemão estava mal estacionado, não seria conveniente anotar isso nos apontamentos?
Sabendo que o carro não podia estar parado onde estava, isso não deu lugar, no mínimo!, a multa, porquê?

Serei eu que não sou deste mundo, ou a Merkel também já deliberou livres-trânsitos ( e livres-estacionamentos) para os "seus" veículos?

Decididamente, não percebo.

Como é que disse?!

Aqui podem ler o texto todo.

Como cada um retém o que lhe salta mais à vista (ou aquilo que quer), eu retive isto: "(Paulo Rangel) É uma figura nacional do PSD, não pode ficar no paraíso de Bruxelas".

No paraíso?
Quer isso dizer o quê?
Que lá se vive bem? Que se faz pouco? Que se recebe muito? Que é mesmo, literalmente, o Paraíso?
Quer dizer o quê, afinal?

Dirigir-se a um camarada nesses termos?
Dizer que deve abandonar o Paraíso de Bruxelas? Será por contraponto com o Inferno de Portugal? Ou pelo resto que já mencionei?

Cada qual que retire as suas ilações. Eu retirei as minhas.
A caravana passa. E ninguém quer saber.

Governo anuncia que o mundo não acaba este mês

A profecia Maia que prevê o fim do mundo no dia 21 deste mês está a levar várias entidades a alertar a população para o facto de que a profecia não se vai concretizar.

Depois de na última sexta-feira a NASA ter publicado um vídeo no qual explica que o mundo não vai acabar este ano, o governo russo emitiu uma nota oficial na qual o ministro russo para as situações de emergência, Victor Punchov, garante não haver qualquer perigo para a população.

O jornal norte-americano The New York Times dá conta de vários cidadãos estarem a comprar provisões e acumular bens como velas, fósforos e açúcar.

http://www.abola.pt/mundos/ver.aspx?id=368266



Por cá, e quando solicitados a agir da mesma forma em relação a Portugal, Coelho, Gaspar, Portas e Relvas afirmaram não poder garantir o mesmo...

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Se o Pai Natal existisse

Era isto o que lhe pedia!
Só pra ver como é...

Kate Middleton está grávida (yuppiiiiiii)

A casa real britânica anunciou, esta segunda-feira, que Kate Middleton e o príncipe William vão ter um filho. A gravidez da Princesa de Cambridge está ainda no início.
"O Duque e a Duquesa de Cambridge estão felizes por anunciar que a Duquesa de Cambridge está grávida", revelou o gabinete do príncipe.
O comunicado da casa real revela ainda que Kate Middleton está no hospital, em Londres, com fortes enjoos matinais.

In
http://www.jn.pt/PaginaInicial/Gente/Interior.aspx?content_id=2924306


Quanto a isto, só duas ou três reflexões rápidas:
1- engravidar nesta altura parece-me um pouco uma questão de exibicionismo. Numa altura em que o que está na moda (por ser a sua época)  é a gravidez da outra senhora, que, à data do nascimento do seu menino não tinha vaquinha e burrico junto a si, parece-me uma noticia encomendada e de "medir pilinhas", mas pronto...

2- se há uns tempos houve grande algazarra por se verem as maminhas da agora futura mamã, qual é o interesse em anunciar  a gravidez, sabendo que, para isso acontecer, em principio houve truca-truca? É certo que foi uma f#*% real, mas anunciar isto com pompa e circunstância só nos faz perder tempo a pensar em qual será a posição predilecta da pequena Kate.

3- se a Casa Real, ao anunciar a boa-nova, se pode equiparar à estrela que há dois mil e picos anos apareceu, o príncipe Carlos não se pode equiparar ao burro que, afinal, não existe?

4- esta gente também fode?!

"Lapso" coloca endereço de sítio pornográfico em livro escolar

Um livro de francês do oitavo ano tem um texto com referências a um endereço electrónico com conteúdos pornográficos. A editora fala em lapso ao qual é alheia.


A mim, parece-me publicidade enganosa, já que tentei abrir o site e não consegui ver nada! :)

In http://www.rtp.pt/noticias/index.php?article=608315&tm=8&layout=122&visual=61



Avião de Marrocos suspeito de transportar droga escapou à vigilância de dois F-16 da Força Aérea

Pelos vistos, um machimbombo qualquer, suspeito de transportar droga, conseguiu escapar a dois F-16.
Faltou-lhes o gasoil, é?
Eu, que não percebo nada da coisa, não entendo como se "perde" uma aeronave, ainda mais quando está a ser seguida por caças.
Mas isso sou eu.
Será a fábula da lebre e da tartaruga dos tempos modernos?

sábado, 1 de dezembro de 2012

Banco Alimentar

A campanha decorre este fim-de-semana nos supermercados e hipermercados de todo o país, onde mais de 38 mil voluntários estarão a recolher donativos.

E tu, já contribuíste?

Tens até amanhã. Não custa nada...