terça-feira, 12 de junho de 2012

Santinho...

Faças o que fizeres, esquece que eu existo, sim?

Obrigado.

11 comentários:

  1. Diga, cara anónima!
    O meu estaminé está à sua disposição...

    ResponderEliminar
  2. :)
    nao foste festejar o santo... casamenteiro?... LOL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fonix...
      Pensei que me querias bem. Pelos vistos, enganei-me.

      :)

      Eliminar
  3. Não brinques com coisas sérias, vá... :)

    ResponderEliminar
  4. Ninguém te obriga, Mg. Esse tempo já lá vai ;)

    (falo do casamento)

    ResponderEliminar
  5. Giro, giro, é ver o Capítulo do Código Civil sobre casamento.
    É leitura que aconselho vivamente para quem tem aversão ao casamento: não vai mudar de ideias, mas pelo menos vai-se rir muito.

    ResponderEliminar
  6. (voltou de férias, a menina?)


    No estado em que a nossa justiça está, dispenso leituras dessa estirpe.
    Aliás, o estado da senhora (literalmente cega, surda e muda) já é motivo suficiente para riso.
    Não tem piada, é certo, mas mais vale rir que chorar, não é?

    ResponderEliminar
  7. Respostas
    1. Seja re-bem-vinda, pois então!
      Obrigado por perder o seu tempo comigo...

      Eliminar