domingo, 16 de setembro de 2012

Quando estamos na merda, até os cães nos mijam em cima

Dizia, para quem comigo via o jogo, que íamos perder por um e que eles iam marcar o golo da vitória a 10 segundos do fim.
Não falhei por muito.

É mesmo assim! Quando estamos na merda, tudo acontece.



(E porque a vida não é só futebol e há que reconhecer o mérito a quem o tem, uma palavra de apreço ao Reinaldo Ventura, que fez hoje o último jogo pela Selecção Nacional e que, apesar de não jogar pelo meu clube, é um belíssimo jogador e sempre suou a camisola de todos nós).



(o título deste post, voltará, concerteza, a ser utilizado noutras ocasiões)

6 comentários:

  1. calma Mg, os cães não têm culpa...

    foi lixado sim, mas é a vida. ninguém morreu. e só a morte não tem solução.

    gosto muito de ti. beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não perdi o meu sono por causa disso, mas podíamos ter ganho aquilo, não por alguma coisa em especial, mas só para que evitássemos que nos "mijassem" em cima no final de um dia de manifestações um pouco por todo o país fora. Só por isso.

      Eliminar
  2. Não vi o jogo, vinha a ouvir o relato na rádio, e quando a 6 segundos do fim sofremos o golo, tive aquela horrível sensação de ter de ir buscar a tomateira junto dos pés...

    é como no meu clube, pró ano é que é!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se fores do sporting, esquece lá isso! :)

      Se fores do Maior, aí sim: para o ano é que é!

      Eliminar
    2. O "pró ano é nosso" foi patenteado por nós na SPA. :)

      Eliminar