quinta-feira, 1 de agosto de 2013

É este o segredo.

Paz. Amor. Familia. Férias no estrangeiro. Restaurantes. Carros de luxo. Brutas casas. Bons relógios. Ópera em Milão. Jantar em Paris. Carreira profissional. Ser tratado por Senhor Doutor. Aparecer na televisão. Dar autógrafos. Marcar um golo decisivo num estádio a abarrotar de gente. Prémio Nobel. Óscar. Grammy. Alto Comissário. Presidente, Rei, Primeiro-Ministro.

Não, nada disso.

O segredo para uma vida feliz resume-se a um par. De palavras.

Mamas grandes.

8 comentários:

  1. que profundo. até chorei um bocadinho.

    ResponderEliminar
  2. Insónias, hmmm? Sonhos complicados?

    ResponderEliminar
  3. Bem... mais comovente que isto só mesmo a bengala do maestro Vitorino de Almeida andar perdida por Lisboa...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se não andasse perdida, que pensavas fazer com ela?

      Eliminar
  4. Discriminação é crime punível por lei!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não estou a discriminar.
      E tenho a certeza que as tuas, não tão grandes, também são apreciadas e acarinhadas.

      Eliminar